LEIAM COM ATENÇÃO O TEXTO QUE SEGUE

AMIGOS E VISITANTES DA CASAGALERIA NO FACEBOOK: PEÇO-LHES A ESPECIAL ATENÇÃO AO TEXTO QUE SEGUE.

AOS NOSSOS MAIS DE 8.000 SEGUIDORES.

Com uma proposta de difusão da arte contemporânea o Centro Cultural CASAGALERIA foi inaugurado no ano de 2004. Completamos, portanto, dez anos de vida, sempre promovendo jovens valores e outros memoráveis eventos, tal como o nosso mais recente PROJETO MULHER.

Procuramos, ao longo desses anos, exercitar alguns valores indissociáveis da arte, com postura ética e, acima de tudo, sem preconceitos de qualquer espécie.

Recentemente esta página da CASAGALERIA foi alvo de delações anônimas (característica, aliás, de covardes e pusilânimes), provavelmente movidos por inveja (que é a arma dos incompetentes) ou, o que é pior, por interesses comerciais escusos.  Assim é que, em duas oportunidades, postagens feitas em nossa página foram “denunciadas” como práticas pornográficas.  A primeira denúncia, fazia referência a uma exposição da fotógrafa MARINA BITTEN (que fotografa corpos nus com rostos cobertos, além de uma foto mundialmente conhecida de YOKO ONO, nua, em performance contra a guerra do Vietnã); a segunda denúncia anônima indicava como pornografia duas pinturas à óleo do não menos conhecido HENRI MATISSE, que retratavam mulheres parcialmente desnudas e sentadas (“Carmelina”, exposta no Museum of Fine Arts of Boston; e “Blue Nude”, exposta no Baltimore Museum of Art).

Em ambos os casos, houve suspensão temporária da nossa página na internet, com a remoção compulsória das publicações e prejuízos morais e materiais que ainda estão sendo calculados.

Em relação aos delatores anônimos, já estamos tomando as medidas cabíveis, com a contratação de renomado escritório de Advocacia de São Paulo (especializado na área) para providências no sentido de identificá-los, buscando a reparação cível e criminal.

Quanto ao Facebook, só nos resta lamentar e tornar pública nossa indignação. É inimaginável que nos dias atuais ainda possa haver confusão entre expressão artística e mera pornografia. Arte com censura não é arte. A absoluta falta de critério torna-se tanto mais evidente quando se “censura” obra famosa de HENRI MATISSE e se tolera, por exemplo, a difusão às mancheias de participantes de um conhecido reality show televisivo em cenas de sexo explícito (que nada tem de artístico) ou se admitem páginas que difundem a intolerância sexual, sócio-política e os mais variados crimes de preconceito e discriminação.

Só nos resta denunciar este fato e ter esperança de que a equipe do facebook responsável pela censura seja mais atenta e adote critérios razoáveis e minimamente compreensíveis, assegurando-se ao “denunciado” a prévia oposição dialética e o contraditório, não permitindo que seus usuários fiquem a mercê de indivíduos desequilibrados, irresponsáveis e maldosos, que se movem pela cupidez, maus instintos e outros objetivos menores.

Saibam que, apesar disso, não nos desviaremos um milímetro da nossa filosofia já arraigada de difusão da cultura e arte contemporâneas. De todo modo, nosso BLOG (http://blog.casagaleria.com.br/) – a cuja visita os convidamos – sobrevive com toda energia, indene a esses ataques sorrateiros, sem censuras ou preconceitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *