Exposição Ecos do Efêmero

TOUR VIRTUAL>>>

A exposição Ecos do Efêmero foi produzida a partir de experimentações e do convívio entre artistas, compartilhando seus ateliês, de suas vidas, possibilitando dessa forma a materialização de um novo fazer, uma nova forma de significação da arte contemporânea. Dessa forma, foi possível concretizar e realizar uma curadoria e, consequentemente uma exposição. Em razão da pandemia, essa experiência, no campo expositivo, não será possível . Optamos por tanto, pelo tour virtual, de modo a dar continuidade a difusão da experiência artística e mediação da experiência social. Como salienta Walter Benjamin, uma obra deve seguir sua reflexão infinita, mediante o experimento do outrem. Com base em nossas reflexões anteriores, consideramos ser o experimento um alargamento, um reforço multiplicador do objeto e o ato de observá-lo resulta conhecimento.

Acesse o Link para visitação:
https://oficinasculturais.org.br/efemero/


SOBRE A EXPOSIÇÃO E SUAS OFICINAS >>>

Pautada em experiências efêmeras do cotidiano, a curadora Loly Demercian apresenta coletiva do Grupo 7+, trazendo a público a produção de 11 artistas expoentes.

Na exposição “Ecos do Efêmero”, a curadora Loly Demercian (CasaGaleria e Oficina de Arte) questiona a potência do efêmero na contemporaneidade, traçando uma linha narrativa por meio de diálogos entre práticas artísticas e processos criativos, a fim de alçar a emergência de novas configurações imagéticas no horizonte dos significados. O resultado deste trabalho ganha corpo a partir de experiências estéticas coletadas nos últimos três anos das pesquisas individuais desenvolvidas pelos artistas do Grupo 7+, compartilhadas agora com o público através dos processos e das práticas artísticas que serão apresentados presencialmente e virtualmente, integrando a programação que celebra a reabertura da Oficina Cultural Oswald de Andrade para o público. A concepção curatorial foi construída sobre um tripé expográfico: pictórico, conceitual e tecnológico. Tratase de uma reflexão sobre a arte contemporânea do séc. XXI e seus processos significativos. Das mudanças provocadas no olhar, no que diz respeito a novas temporalidades e às formas de ocupação do espaço, enfatizando diálogos entre materialidade e ambiente no campo da experiência. O projeto “Ecos do Efêmero” foi concebido por Loly Demercian e produzido por Vanessa Lopes. Os artistas que integram a coletiva são: Ana Carmen Nogueira, Antonio Cavalcante, Azeite de Leos, Lucas Gervilla, Mariane Cavalheiro, Marietta Toledo, Maurity Damy, Milton Blaser, Raphaelle FaureVincent, Rodrigo Gontijo e Sueli Rojas. A abertura da exposição acontece no dia 15 de setembro (terçafeira), permanecendo em exibição até o dia 14 de novembro (sextafeira). Como medidas de segurança, o número de pessoas será limitado e o percurso da galeria será orientado de forma a garantir o distanciamento social necessário, de acordo com os protocolos sanitários vigentes para a realização de atividades culturais. Para maior comodidade, as visitas poderão ser previamente agendadas com hora marcada. Além do formato do presencial, o público também terá a oportunidade de conhecer as obras através de um tour virtual 360º, que ficará disponível no site da Oswald durante todo o período de visitação.

Todos os sábados, às 11h, acontecem lives no perfil do Instagram @oficinaoswald, com visitas guiadas pelos artistas que integram a coletiva. Nas quarta-feiras do mês de outubro, sempre das 14h às 16h , serão transmitidas pelo canal Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, do Youtube, as oficinas virtuais: “Descobrindo a Pintura Encáustica” (07/10) , com Ana Carmen Nogueira; “Práticas Criativas para Desenho e Pintura” (14/10), com Marietta Toledo e Antonio Cavalcante; “Iniciação a fotogravura método xerox” (21/10) , com Raphaelle FaureVincent; e “Documentários em Vídeo Digital” (28/10) , com Lucas Gervilla. “Ecos do Efêmero” foi contemplado pelo Edital ProAC 10/2019 “Produção de Exposições de Artes Visuais”, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. As atividades culturais oferecidas neste projeto passaram por um processo de reinvenção, buscando por novos formatos que pudessem atender as demandas do atual contexto de reabertura póspandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.